Pnud ajudou mais de 30 mil no leste da Ucrânia
BR

31 dezembro 2014

Assistência foi para deslocados internos e pessoas vivendo em zonas de conflito no país; idosos, órfãos, mulheres grávidas, famílias com crianças e pessoas com deficiência são prioridade.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova York.

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud, na Ucrânia distribuiu ajuda humanitária para mais de 30 mil deslocados internos mais vulneráveis e pessoas vivendo em áreas de conflito, incluindo territórios que não estão sob controle do governo.

A prioridade é entregar a assistência a idosos, órfãos, mulheres grávidas, famílias com crianças e pessoas com deficiência.

Ajuda Humanitária

Segundo a vice-representante do Pnud no país, Inita Pauloviča, apoiar deslocados internos e a rápida recuperação de infraestrutura fundamental no leste da Ucrânia são “prioridades” para a agência.

Ela afirmou que o órgão forneceu comida e itens básicos para milhares de pessoas e que sua maior tarefa é garantir que “ninguém fique para trás”.

No total, mais de 25 mil pacotes de comida foram distribuídos em cidades que recebem grande número de deslocados internos.

Além disso, 23 instutuições sociais, incluindo hospitais e escolas, entre outros, na região de Luhansk, nos territórios que não estão sob controle do governo, receberam assistência humanitária de agências da ONU.

Em janeiro, o Pnud espera expandir sua ajuda e distribuir mais 30 mil kits alimentares para os deslocados internos na Ucrânia.

Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News 

Baixe o aplicativo/aplicação para  iOS ou Android

Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud