ONU descobre mais de cinco toneladas de explosivos no Mali

30 dezembro 2013

Material encontrado no fim de semana inclui nitrato de amónio e 40 granadas; Minusma diz que descoberta é uma vitória contra grupos terroristas e seus recursos.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Missão da ONU no Mali, Minusma, anunciou nesta segunda-feira a descoberta e a destruição de 5,7 toneladas de explosivos durante o fim de semana.

De acordo com uma nota da missão, a quantidade incluía nitrato de amónio e 40 granadas. O material foi encontrado a 150 km a sudoeste de Tassalit, uma aldeia do norte do país.

Recursos

Trata-se da segunda maior quantidade dos explosivos descobertos no Mali neste ano. Em comunicado, a missão diz tratar-se de uma vitória “contra grupos terroristas e seus recursos.”

A Minusma teve o seu mandato aprovado, há cinco meses, pelo Conselho de Segurança. A tarefa  inclui “deter ameaças e tomar medidas para evitar o retorno de elementos armados para o norte do país.” 

Deslocados

A região marcou o início da ofensiva rebelde lançada no ano passado. Os rebeldes tuaregues, aliados a grupos islamitas ligados à al-Qaeda, protagonizaram combates que se alastraram para outras partes do país e fizeram cerca de 500 mil deslocados.

Em março de 2012, o então presidente Amadou Toumani Touré foi deposto num golpe militar.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud