Ban diz que ONU está com os sul-sudaneses neste momento difícil
BR

25 dezembro 2013

Secretário-Geral fez a declaração em mensagem de vídeo para a população do Sudão do Sul, divulgada esta quarta-feira; ele disse que o país está sob ameaça.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, disse esta quarta-feira que as Nações Unidas “estão ao lado da população do Sudão do Sul neste momento difícil”.

Em mensagem de vídeo, Ban disse saber que muitos civis sul-sudaneses estão sofrendo com os ataques, famílias estão fugindo de suas casas e muitos perderam parentes e amigos.

Inocentes

Ele afirmou que civis inocentes estão sendo alvo por causa de sua raça. Ban declarou que isso representa uma grave violação dos Direitos Humanos.

Segundo o Secretário-Geral, o Sudão do Sul está sob ameaça, mas o país não está sozinho.

Ban pediu novamente aos líderes do país que acertem suas diferenças de forma pacífica e lembrou que eles têm a responsabilidade de proteger os civis.

Independência

O chefe da ONU alertou que todos os que cometeram crimes serão responsabilizados.

Ban lembrou que a ONU esteve ao lado do país em sua luta pela independência. A organização tem sido parceira para enfrentar os desafios da mais nova nação do mundo.

Ele encerrou a mensagem dizendo que as Nações Unidas estão reforçando sua presença no país e que fará o possível para acabar com a violência e ajudar a construir um futuro melhor para todos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud