FAO cria plano para erradicar pobreza e fome na América do Sul
BR

23 dezembro 2013

Diretor-geral disse que agência da ONU vai apoiar implementação de programas de segurança alimentar na região e no Caribe; Graziano da Silva afirmou que área mostra há disposição política e compromisso para acabar com o problema.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.*

A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, anunciou que um grupo de países da América do Sul e do Caribe vai adotar um plano de ação para erradicar a pobreza e a fome.

O anúncio foi feito pelo diretor-geral da FAO, José Graziano das Silva, ao final da Conferência que reuniu representantes das nações em Caracas, Venezuela, na semana passada.

Nutrição

O plano tem como objetivo fortalecer a segurança alimentar e de nutrição dos países localizados na zona econômica do petrocaribe e também da Aliança Bolivariana para os Povos da América, Alba, que inclui entre outros, Bolívia, Cuba, Dominica, Equador, Nicarágua e Venezuela.

O plano reflete a prioridade pela redução da fome já adotada pela Comunidade de Estados Latinoamericanos e Caribenhos, Celac, e pela Iniciativa de Fome-Zero da América Latina e do Caribe.

Ambição

As duas organizações reúnem o compromisso feito por 33 países para acabar com a desnutrição na região até 2025.

Segundo a FAO, o plano de ação representa “a tentativa mais ambiciosa” para erradicar a fome na história da região.

Graziano da Silva destaca ainda que a América Latina e o Caribe estão “mostrando vontade política e compromisso para alcançar a erradicação da fome”.

*Apresentação: Leda Letra.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud