OMM diz que 2013 está entre os 10 anos mais quentes da história
BR

13 novembro 2013

Registros começaram a ser feitos em 1850; relatório divulgado nesta quarta-feira sugere que aquecimento global continua sendo puxado pelo aumento de dióxido de carbono e outros gases que causam efeito estufa.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.*

A Organização Mundial de Meteorologia, OMM, informou que 2013 está entre os 10 anos mais quentes da história. A constatação tem como base as comparações feitas desde o início dos registros sobre a temperatura em 1850.

De acordo como o Relatório Estado Provisório do Clima, divugaldo nesta quarta-feira, as tendências de aquecimento global continuam tendo como causa os altos níveis de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera.

Zonas Costeiras

A OMM citou ainda a emissões de outros gases responsáveis pelo efeito estufa.

Segundo a agência da ONU, o ano de 2012 registrou novos picos de concentração de emissões.

Especialistas acreditam que ainda neste ano sejam observadas taxas recordes de produção desses gases.

Segundo a Organização Mundial de Meteorologia, os níveis do mar também subiram, alcançando marcas jamais vistas. Com isso, as populações de zonas costeiras em várias partes do globo estão se tornando mais propensas a tempestades e desastres naturais, como o ciclone que atingiu as Filipinas, na semana passada.

Secas e Enchentes

O chefe da OMM, Michel Jarraud, disse que apesar de as altas temperaturas serem apenas uma parte de uma questão maior sobre a mudança climática, o impacto do problema já pode ser sentido em todo o mundo. 

Ele citou como exemplos os casos de secas, enchentes e de precipitações extremas.

Mas de acordo com a agência, condições severas do clima como o tufão Haiyan, que atingiu as Filipinas, não podem ser atribuídas somente às mudanças climáticas.

*Apresentação: Edgard Júnior.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud