OMS afirma que pneumonia mata 20% das crianças no mundo
BR

12 novembro 2013

Doença é a principal responsável pela morte de mais de 1 milhão de menores de cinco anos; no Dia Mundial da Pneumonia, agências de saúde querem que governos implementem ações para combater o problema.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Mundial da Saúde afirmou que a pneumonia mata 20% das crianças menores de cinco anos no mundo inteiro.

O alerta foi dado para marcar o Dia Mundial da Pneumonia, esta terça-feira, 12 de novembro. O tema deste ano é “Inovar para Acabar com a Pneumonia”.

30 Segundos

Segundo o chefe da saúde da OMS, Mickey Chopra, a cada 30 segundos uma criança morre por causa da doença no mundo. Ele afirmou que essa situação é “uma vergonha principalmente porque o combate à pneumonia não exige soluções complicadas.”

A pneumonia continua sendo a maior causa de mortes de crianças até cinco anos. Mais de 1 milhão de meninos e meninas morrem todos os anos da doença, que pode ser evitada.

A OMS, o Fundo das Nações Unidas para a Infância e a Aliança Gavi estão chamando a atenção para cinco ações essenciais que podem ajudar a pôr um fim às mortes causadas pela pneumonia.

Combate

Para combater a situação, as organizações sugerem que as crianças devem ser amamentadas por seis meses e depois desse período devem receber também um reforço com alimentos sólidos até os dois anos.

Os menores devem ser vacinados contra coqueluche e sarampo. As crianças devem ter acesso à água potável, saneamento básico e assistência médica.

O grupo afirma que muitos fatores contribuem para a pneumonia e não há uma única ação que possa ao mesmo tempo prevenir, tratar e controlar o problema.

Segundo as organizações, se essas medidas forem implementadas de forma apropriada, será possível reduzir o fardo causado pela doença.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud