China confirma novos casos de gripe aviária em humanos
BR

6 novembro 2013

Menino de três anos e mulher de 64 tiveram contato com aves; segundo OMS, vírus A (H7N9) contaminou 139 pessoas e 45 morreram.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O governo da China notificou a Organização Mundial da Saúde, OMS, sobre dois novos casos, confirmados em laboratório, de infecção com o vírus da gripe aviária, A (H7N9).

O primeiro paciente é um menino de três anos de idade, da província de Guangdong. Ele ficou doente no fim de outubro e recebeu tratamento em hospital. A saúde do garoto é estável.

Transmissões

Uma agricultora de 64 anos de Zhejiang também foi infectada pelo vírus da gripe aviária e segundo a OMS, o estado dela é crítico. Nos dois casos, os pacientes tiveram contato com galinhas.

Até o momento, a OMS foi informada de 139 casos do H7N9 em humanos, sendo que 45 pacientes morreram. Não há evidências da transmissão entre humanos.

Em setembro, a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, já havia alertado sobre um possível aumento dos casos de gripe aviária na próxima temporada de gripe.

O governo chinês tem tomado medidas de controle do vírus, vigilando a epidemia e informando a população sobre os riscos de contaminação.

Por enquanto, a OMS não recomenda nenhum tipo de restrição de viagem ou de comércio.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud