Alto comissário da ONU pede a países vizinhos para abrir portas a sírios
BR

28 agosto 2013

Agências humanitárias das Nações Unidas dizem que passagem pela fronteira deve ser facilitada; quase 2 milhões de pessoas fugiram da Síria desde o início da violência em 2011.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Duas agências humanitárias da ONU pediram aos países vizinhos da Síria que mantenham suas fronteiras abertas para receber os refugiados que fogem da crescente violência na região.

O alto comissário para refugiados, Antônio Guterres, disse que a Síria pode estar à beira do abismo. Segundo ele, a guerra gerou uma calamidade humanitária “sem paralelo na história recente.”

Momento

Guterres afirmou que quando uma guerra “varre uma nação”, não há nada mais importante para seu povo do que fronteiras abertas. Quase 2 milhões de sírios fugiram do país desde o início do conflito em 2011.

A diretora-executiva do Programa Mundial de Alimentos, PMA, Ertharin Cousin, declarou que agora é o momento da comunidade internacional se unir para garantir o fim da violência e o início da recuperação.

Cousin alertou ainda que as crianças sírias dependem da assistência mundial não só para atender às necessidades básicas mas também para dar uma esperança de um futuro melhor.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud