China é o país que mais utiliza recursos naturais no mundo
BR

5 agosto 2013

Relatório do Pnuma afirmou que processo cria pressões ambientais; documento mostra que consumo per capita aumentou para mais de 50% entre 1970 e 2008.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Um relatório do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Pnuma, mostrou que a China é o país que mais utiliza recursos naturais no mundo.

O documento diz ainda que o consumo per capita chinês passou de um terço para mais de 50% em comparação à média mundial entre 1970 e 2008.

Crescimento

O diretor-executivo do Pnuma, Achim Steiner, afirmou que “a China registrou um grande crescimento nas últimas décadas e os efeitos desta transição na demanda global não têm precedentes.”

Segundo o relatório, os materiais primários mais utilizados são minerais e metais para construção, combustíveis fósseis e biomassa. O consumo doméstico é quatro vezes maior do que nos Estados Unidos.

Sucesso

Ao mesmo tempo, o Pnuma afirmou que a China está entre os países que tiveram mais sucesso no uso eficiente de energia. Apesar de ainda ter o menor nível de eficiência, os chineses foram os que mais evoluíram no setor nos últimos 40 anos.

O relatório afirma que somente a melhora na eficiência energética, não será suficiente para estabilizar as pressões ambientais. O país deve, segundo o Pnuma, aumentar suas políticas para reduzir o consumo de água e a perda de terras aráveis.

O documento cita ainda que a China deve expandir o uso de fontes de energia alternativas.

Um estudo feito pela ONU, divulgado no início deste ano, mostrou que os chineses consolidaram sua posição como um dos principais investidores em energia renovável, principalmente no setor de energia solar.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud