Obama: “África do Sul lidera o caminho para uma geração livre da Aids”
BR

9 julho 2013

Em 2011 país conseguiu reduzir em 41% o número de novas infecções com HIV; programas de tratamento ajudaram no atendimento a mais de 2 milhões de pessoas com o vírus.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou que a África do Sul lidera o caminho para alcançar uma geração livre da Aids.

O país, que tem o maior número de casos da epidemia de HIV, conquistou um progresso notável no combate à doença nos últimos anos.

Redução

Segundo um artigo publicado no website do Programa Conjunto sobre HIV/Aids, Unaids, em 2011, a África do Sul conseguiu reduzir em 41% os casos de novas infecções com HIV.

Por causa dos programas de tratamento, mais de 2 milhões de pessoas com o vírus estão tendo acesso a cuidados e serviços médicos. Além disso, entre 2009 e 2012, o país conseguiu reduzir em 63% o número de novos casos de infecções entre as crianças.

Obama se reuniu com o arcebispo Desmond Tutu, que tem uma Fundação para ajudar as pessoas com HIV.

Aids

No encontro, o líder americano disse que o mundo tem a possibilidade de alcançar uma geração livre da Aids.

Tutu agradeceu a assistência fornecida pelo governo americano para combater não só o HIV, mas também a tuberculose e a malária por todo o continente africano.

A Fundação do arcebispo foi criada em 1990 e fornece ajuda para a prevenção e tratamento, pesquisa e treinamento dos doentes no país. O centro para jovens da instituição, aberto em 2011, presta assistência a mais de 2 mil adolescentes.

Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News 

Baixe o aplicativo/aplicação para  iOS ou Android

Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud