Antecipado apoio a refugiados com ameaça de chuvas no Sudão do Sul

31 maio 2013

Cerca de 200 mil pessoas abrigadas em dois estados do norte devem ser os mais afetados com início da época chuvosa; camiões e barcos transportam itens incluindo lonas de plástico, colchões e tendas.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Alto Comissariado da ONU para Refugiados, Acnur, anunciou que está a abastecer centenas de milhares de pessoas no norte do Sudão do Sul devido à ameaça do corte de estradas com o início da época chuvosa.

Prevê-se que as vias possam ficar intransitáveis devido às fortes chuvas previstas para as próximas semanas.

Novos Registos

Carregamentos de suprimentos de ajuda humanitária estão a ser enviados para cerca de 200 mil refugiados dos estados de Unity e do Alto Nilo, que devem ser os mais afetados. Somente esta semana, cerca de 400 refugiados sudaneses foram registados  nos dois estados.

Em nota, emitida esta sexta-feira, em Genebra, a agência refere que mais de 144 camiões já fizeram a distribuição, como parte da operação iniciada  em meados de abril. 

A entrega também envolve barcos que operam ao longo do rio Nilo, onde 117 mil refugiados albergados em cinco acampamentos recebem lonas de plástico, colchões e tendas familiares.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud