Unaids e Concacaf se unem para combater Aids
BR

19 abril 2013

Organizações firmam acordo esta sexta-feira para promover acesso à informação sobre HIV; calcula-se que 4,6 milhões de jovens até 24 anos tenham o vírus.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O Programa Conjunto sobre HIV/Aids, e a Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe, Concacaf, decidiram unir forças para combater a Aids.

As duas organizações firmam, esta sexta-feira, um memorando de entendimento, para engajar o futebol na resposta de saúde contra a doença, principalmente entre os jovens.

Parceria

O diretor executivo do Unaids, Michel Sidibé, afirmou que futebol e a prevenção contra o HIV formam uma combinação vencedora. Segundo ele, milhões de jovens estão envolvidos com o esporte, seja jogando ou como torcedor.

O presidente da Concacaf, Jeffrey Webb, afirmou que o futebol e a saúde são companhias naturais. Ele espera que essa parceria possa ser utilizada em outros setores para enviar mensagens educativas através do poder do esporte.

HIV/Aids

Calcula-se que atualmente 4,6 milhões de jovens estejam vivendo com o HIV em todo o mundo. Mais de 2 mil são infectados diariamente com o vírus.

Segundo o Unaids, muitos dos jovens que têm HIV, não sabem que estão infectados ou não têm acesso aos tratamentos.

América Latina

Segundo a agência da ONU, a situação é preocupante na América Latina. Menos de 30% dos jovens entre 15 e 24 anos sabem como evitar a transmissão sexual do HIV.

A meta da campanha é garantir que todos os 15 milhões de jovens que possam receber o coquetel de remédios para combater a doença tenham acesso ao tratamento até 2015.

Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News 

Baixe o aplicativo/aplicação para  iOS ou Android

Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud