Portugal: combate de praga de pinheiro citado em lançamento de curso online

13 abril 2013

Em oito anos, ações para controlar o nemátodo do pinheiro no país envolveram € 24 milhões; iniciativa gratuíta para candidatos de todo o mundo é apoiada pela FAO.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O combate a uma das doenças que mais afeta a madeira do pinheiro em Portugal foi destacado no lançamento de um curso online apoiado pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO.

Entre 2001 e 2009, os custos para controlar o nemátodo do pinheiro no país rondaram os € 24 milhões, refere a agência da ONU.

Prejuízos

A mortalidade causada pela doença é tida como responsável pela desvalorização da madeira afetada até à metade. Os prejuízos económicos incluem o aumento dos custos de produção em mais de 15%.

O acesso à ferramenta gratuita, em inglês, pode ser feito através do site http://www.fao.org/forestry/foresthealthguide/76169/en/ . A iniciativa foi desenvolvida em parceria com a Convenção Fitossanitária Internacional.

Comércio

De acordo com a FAO, o objetivo é ajudar a garantir o comércio internacional da madeira com segurança, destacando o papel das medidas fitossanitárias no comércio transfronteiriço de produtos florestais.

O curso “Comércio de Produtos Florestais e do Papel das Medidas Fitossanitárias” informa acerca da distribuição geográfica de pragas, descreve as mais importantes e aborda os riscos relacionados para cada tipo de produto, por país.

Segurança

Em cinco módulos, também são abordados temas que incluem as ameaças à saúde da floresta associadas ao comércio internacional a dados sobre a segurança da importação e exportação de produtos florestais. A fase piloto foi implementada no Zimbabué.

O lançamento ocorreu na sessão da Comissão de Medidas Fitossanitárias, realizada, até esta sexta-feira, na sede da FAO em Roma.

O combate às pragas é tido como prioritário para a produção da madeira, que juntamente aos móveis rende US$ 900 mil milhões anuais a nível global. A FAO refere que o valor das exportações é de US$ 200 mil milhões.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud