Onusida conta com liderança do Níger para produção de antiretrovirais

2 abril 2013

Primeira-dama do país, Aïssata Issoufou Mahamadou, afirma compromisso em ampliar a prevenção de mãe para filhos; chefe da agência da ONU destaca progressos na resposta ao HIV.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

A primeira-dama do Níger prometeu usar sua influência para ampliar os serviços de prevenção da transmissão do HIV de mãe para filho no seu país. Aïssata Issoufou Mahamadou anunciou o compromisso durante a inauguração da fundação dela “Guri, por uma vida melhor”.

O diretor-executivo do Onusida, Michel Sidibé, participou do evento e ressaltou os progressos feitos pelo país da África Ocidental, no combate ao vírus que provoca a sida.

Novos Casos

Segundo o Onusida, em dez anos, o índice de novas infecções por HIV no país reduziu em 30%. A estimativa do país é que pouco mais de 6 mil novos casos tenham ocorrido em 2011.

O país tem dificuldades para melhorar os serviços, com o acesso de menos de 40% dos seropositivos aos antiretrovirais.  Cerca de 30% das mulheres grávidas que vivem com o vírus têm tratamento para prevenir a transmissão vertical.

Produção Local

Atualmente, 98% do  montante necessário para programas de HIV no país depende de fontes estrangeiras. Sidibé apelou ao governo para aumentar o financiamento na resposta ao sida.

O chefe do Onusida pediu ainda ao presidente do Níger, Mahamadou Issoufou, que apoie a produção de antiretrovirais em África. Como Várias nações do continente, o Níger depende da importação dos medicamentos que na maioria são fabricados na Índia.

Sidibé ressaltou que está a contar com a liderança do presidente nigerino para “posicionar a África na agenda pós-2015, com uma visão estratégica para promover a produção local dos antiretrovirais no continente.”

A fundação inaugurada pela primeira-dama é dedicada a promover o desenvolvimento do país, por meio da educação, saúde e redução da pobreza.

*Apresentação: Eleutério Guevane.

Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News 

Baixe o aplicativo/aplicação para  iOS ou Android

Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud