Síria: apuramento de alegado uso de armas químicas "em até duas semanas"

27 março 2013

Falando à Rádio ONU, chefe do grupo apontou situação de segurança no país como um dos obstáculos; trabalho deve levar pouco mais de um mês.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Missão de Apuração de Denúncias sobre o Alegado Uso de Armas Químicas na Síria inicia os trabalhos em até duas semanas. As declarações foram feitas à Rádio ONU, pelo recém-nomeado chefe da equipa, Ake Sellström.

Falando nesta segunda-feira, da Suécia, Sellström apontou a situação de segurança no terreno como uma das condicionantes.

Questão de Dias

De acordo com o líder dos investigadores, prevê-se que o trabalho inicie-se num prazo compreendido entre uma e duas semanas, tendo sublinhado tratar-se de uma “questão de dias.” O professor destacou que a pesquisa seria concentrada na solicitação da investigação feita à ONU.

No anúncio da medida, na semana passada, o Secretário-Geral, Ban Ki-moon, disse que o grupo seria mandatado para levar a cabo a investigação de os incidentes específicos a pedido do governo sírio.

Análise Química

Uma vez no terreno, Ake Sellström disse prever que a permanência seja por um período de pouco mais de um mês.

Segundo referiu, a missão terá pelo menos três dias de preparação, quatro dias de inspeção que seriam seguidos pela fase de produção do relatório e de uma análise química que duraria entre duas e três semanas.

Armas Químicas

Agências noticiosas citaram a imprensa oficial síria referindo que  a primeira alegação de um ataque com armas químicas teria sido feita em Alepo, um dos centros urbanos mais afetados pelo conflito.

A ONU estima que mais de 70 mil pessoas já teriam morrido e 1,1 milhão abandonaram as suas casas devido aos confrontos entre forças governamentais e rebeldes, iniciados no país há dois anos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud