ONU pede US$ 1,5 bilhão para garantir ajuda humanitária aos sírios
BR

19 dezembro 2012

Verba será necessária entre janeiro e junho de 2013, sendo o maior apelo de curto prazo já feito; 4 milhões de pessoas precisam urgente de assistência.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

As Nações Unidas lançaram, nesta quarta-feira, um apelo de US$ 1,5 bilhão, ou R$ 3 bilhões, para garantir ajuda humanitária aos sírios que estão deslocados no país ou refugiados em nações vizinhas.

O dinheiro será necessário para assistência entre janeiro e junho de 2013. Ao formalizar o pedido, em Genebra, o coordenador humanitário da ONU para a Síria, Radhouane Nouicer, afirmou que este é o maior apelo já feito em um período de curto prazo.

Alimentação

O foco é garantir assistência alimentar, abrigo, água, saneamento básico, de nutrição, roupas, e serviços médicos de emergência. A ajuda será coordenada com dezenas de ONGs parceiras.

A ONU busca US$ 519 milhões para apoiar 4 milhões de pessoas que estão na Síria. O total de civis que precisam de ajuda dentro do país quadruplicou desde março. Metade dos necessitados são deslocados internos.

Conflitos

Os outros US$ 1 bilhão são necessários para ajudar os sírios que estão refugiados nos países vizinhos, como Iraque, Líbano e Jordânia. Segundo Nouicer, o conflito na Síria está se tornando “altamente brutal e indiscriminado”, afetando a população em todo o país.

Estimativas das Nações Unidas apontam para pelo menos 20 mil pessoas mortas, a maioria civis, desde que começaram os protestos contra o governo do presidente Bashar Al-Assad, em março do ano passado.

*Apresentação: Leda Letra.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud