Apelo humanitário para 3,8 milhões de somalis é dos maiores do mundo

4 dezembro 2012

Ocha pede US$ 1,3 mil milhão para apoiar ações de resposta de emergência  e gestão sustentável das crises; primeiro lançamento em Mogadíscio deve ser aplicado nos próximos três anos.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

As Nações Unidas fizeram, esta terça-feira um apelo humanitário de US$ 1,3 mil milhão para a Somália. O Escritório da ONU de Assistência Humanitária, Ocha, refere que o montante deve cobrir as necessidades de 3,8 milhões de pessoas entre 2013 a 2015.

O lançamento, o primeiro na capital Mogadíscio, foi feito pelo Coordenador Humanitário interino para o país, Stefano Porretti. Ele referiu que o número de beneficiários era “um dos maiores do mundo.”

Necessidades

O representante disse que o valor será aplicado na continuidade de programas para responder às atuais necessidades emergenciais da população e gerir as crises de forma sustentável.

Dentro do país, mais de 1,1 milhão de pessoas estão deslocadas devido a fatores naturais e conflitos. Outro milhão de somalis vive fora do país com o estatuto de refugiado, refere o Ocha.

Choques

Porreti realçou a necessidade de capacitar os somalis para lidar com fenómenos como secas e inundações, evitando que choques futuros evoluam para uma catástrofe humanitária.

No evento esteve o ministro do Interior e Segurança Nacional do país, Hon Abdikarim Hussein Guled, que responde pelos assuntos humanitários, que lembrou que o encontro era o primeiro no país em 20 anos.

Resistência

Pelo menos 369 projetos humanitários destinados a somalis devem ser implementados no país, com foco no aumento da resistência e abordar as causas naturais da crise humanitária na Somália.

A estratégia será implementada por organizações não-governamentais nacionais e internacionais, além de agências da ONU que operam no país do Corno de África.

Este ano, o apelo humanitário de US$ 1,1 mil milhão foi financiado em 57%.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud