Plantas invasoras criam milhares empregos na África do Sul, aponta OIT

21 novembro 2012

OIT diz que 20 milhões de hectares são ocupados pelas espécies, o equivalente ao dobro do tamanho de Portugal; cerca de 14 mil novos postos de trabalho já foram criados no país.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Organização Internacional do Trabalho, OIT, destacou o fato de  o combate às plantas invasoras na África do Sul estar a contribuir para colocar o país na vanguarda  da criação de empregos verdes.

No total, as espécies ocupam 20 milhões de hectares, o equivalente ao dobro do tamanho de Portugal, refere a agência.

Empregos

Cerca de 14 mil novos empregos foram criados, e até 2017 prevê-se envolver mais de 10 mil operários e beneficiar outras 30 mil pessoas.

Um projeto local denominado “Trabalhar pela Água” envolve a componente e emprega atualmente pessoas incluindo operadores de máquinas, incluindo técnicos altamente qualificados.

Fogos

Para ajudar a mitigar efeitos de fogos florestais também estão envolvidos mais de 5,5 mil pessoas.

A OIT destaca também o facto de o programa ter como alvo indivíduos de grupos vlneráveis como mulheres, jovens desempregados, pessoas que convivem com deficiência e com o HIV/Sida.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud