FAO anuncia ligeira queda de preços alimentares em Outubro

8 novembro 2012

Índice dos Preços Alimentares refere que preços dos cereais e oleaginosas foram os que mais caíram, tendo compensado o aumento nos valores de compra de leite e do açúcar.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O preço dos alimentos caiu 1% em Outubro, referiu esta quinta-feira a Organização da ONU para Agricultura e Alimentação, FAO.

O Índice dos Preços Alimentares, publicado em Roma, destaca que nos primeiros 10 meses deste ano, os valores dos alimentos foram em média 8% mais baixos comparativamente ao mesmo período do ano passado.

Declínio

O custo dos cereais, oleaginosas e gorduras foi o que mais caíu, compensando o aumento do valor do leite e do açúcar. O índice baixou dois pontos em relação aos 215 registados em Setembro.

A agência prevê que neste e no próximo anos haja menos grãos e cereais disponíveis, à exceção do trigo e do arroz. A previsão é de uma queda de stocks para níveis históricos.

Custos Baixos

Entretanto, o informe bianual “Perspectivas Alimentares da FAO”, refere que as reduções dos preços a nível internacional e das compras de cereais podem fazer baixar os custos de importação de alimentos neste ano.

O documento, igualmente publicado esta quinta-feira, estima que a despesa global de importação de alimentos em US$ 1,14 bilião em 2012, valor 10% mais baixo que o do ano passado.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud