Aung San Suu Kyi em primeira visita à ONU após libertação em Mianmar
BR

21 setembro 2012

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

 A deputada birmanesa e ganhadora do Prêmio Nobel da Paz, Aung San Suu Kyi, visitou, nesta sexta-feira, a sede da ONU em Nova York.

Suu Kyi, viajou aos Estados Unidos a convite do Governo Americano, encontrou-se com o Secretário-Geral, Ban Ki-moon, e concedeu uma breve entrevista a correspondentes estrangeiros .

 Funcionários Birmaneses

Ao ser perguntada pela importância da paz, Aung San Suu Kyi afirmou que a paz começa no coração das pessoas. Segundo ela, se alguém quer alcançar a paz, é preciso primeiro fazer de tudo para remover o ódio.

A deputada e líder da Liga Nacional pela Democracia, o maior partido de oposição do país do sudeste asiático, realizou uma reunião com um grupo de funcionários birmaneses na sede da ONU.

Ela brincou ao dizer que o novo prédio das Nações Unidas era diferente daquele no qual ela mesma trabalhou quando viveu em Nova York.

Prisão Domiciliar

Aung San Suu Kyi passou mais de uma década presa em Mianmar, a antiga Birmânia.

Ela ganhou as eleições parlamentares de 1990, mas foi impedida de assumir o posto após um golpe militar.

Suu Kyi foi libertada da prisão domiciliar em novembro de 2010.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud