Agência das Nações Unidas lança operação alimentar no Senegal
BR

24 julho 2012

Mais de 800 mil pessoas devem ser beneficiadas; segundo Programa Mundial de Alimentos, PMA, mais de 1 milhão de senegaleses estão sofrendo com escassez de comida.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

Mais de um milhão de pessoas estão em situação de insegurança alimentar no Senegal. A informação é do Programa Mundial de Alimentos, PMA.

Nesta terça-feira, a agência começou uma operação para socorrer mais de 860 mil senegaleses. Uma das ações é a distribuição de vales-alimentação para mais de mil famílias, que recebem cerca de R$ 80 mensais para trocar por comida.

Viúvas

O PMA informou que os combates entre tropas do governo e separatistas da região de Casamansa, que fica perto da fronteira com a Guiné-Bissau, têm agravado a situação da fome no Senegal. Muitos lares na região estão abrigando agora de 20 a 30 pessoas por causa dos confrontos.

Além de 1milhão de pessoas no Senegal, o PMA também está assistindo cerca de 6 milhões em mais países africanos como Níger, Chade, Mali,  Burkina-Fasso e Gâmbia, entre outros.

*Apresentação: Mônica Villela Grayley.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud