Camboja confirma surto de febre aftosa em crianças
BR

10 julho 2012

Doença já matou mais de 50 no país; OMS trabalha com autoridades para reforçar boas práticas de higiene.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O Ministério da Saúde do Camboja confirmou, nesta terça-feira, que a febre aftosa é a doença que já matou mais de 50 crianças no país. O surto estava sendo investigado e era até então considerado misterioso.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, OMS, geralmente a febre aftosa traz poucas complicações. Mas dependendo do vírus, pode causar consequências sérias, inclusive a morte.

Sintomas

Mais comum em crianças menores de 10 anos, os sintomas incluem febre, feridas doloridas na boca e bolhas nas mãos e nos pés. Mas a agência ressalta que a enfermidade não deve ser confundida com a febre aftosa em animais.

A OMS trabalha com as autoridades do Camboja para reforçar as boas práticas de higiene entre a população, em particular a importância de lavar as mãos com frequência, para evitar o contágio.

Tratamento

A transmissão ocorre por contato direto com secreções nasais, saliva ou pelas bolhas da pessoa já infectada.

De acordo com a agência, não há remédios anti-virais para a febre aftosa nem vacinas. Os pacientes devem beber muita água e outros líquidos, já que não existe tratamento específico.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud