Ban saúda fim do processo das presidenciais no Egito

25 junho 2012

Mohammed Mursi, candidato da Irmandade Muçulmana, tornou-se  o primeiro presidente-eleito do país, após derrotar o antigo primeiro-ministro Ahmed Shafiq  na segunda volta das eleições presidenciais.  

 

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon,  saudou o fim do processo das eleições presidenciais no Egito, na sequência da divulgação dos resultados oficiais neste domingo.

Numa declaração divulgada pelo seu porta-voz, Ban elogia o povo egípcio pelo ambiente pacífico em que decorreu o pleito.

Ambiente Pacífico

A Comissão Eleitoral Suprema anunciou a vitória de  Mohammed Mursi, candidato da Irmandade Muçulmana, que se tornou o primeiro presidente-eleito do país ao derrotar o ex-primeiro ministro Ahmed Shafiq. 

O antigo presidente egípcio, Hosni Mubarak, foi deposto no ano passado e condenado à prisão perpétua no princípio deste mês. O país é dirigido por um Conselho Militar que assumiu vários poderes presidenciais e dissolveu o parlamento.

Governo

De acordo com agências noticiosas, nesta segunda-feira, Mohammed Mursi começou a formar governo, após prometer ser líder de todos os egípcios. Espera-se que o novo presidente seja empossado a 30 de Junho.

Ban Ki-Moon disse esperar que durante o mandato, Mursi não poupe esforços para garantir que os egípcios “realizem as suas aspirações por uma maior democracia, a promoção dos direitos humanos e de um país mais próspero e estável.”

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud