Entrevista: Assassinato de Jornalista no Maranhão

27 abril 2012

Chefe de reportagem do jornal “O Estado do Maranhão”, Daniel Matos, falou à Rádio ONU sobre o assassinato do repórter investigativo, Décio Sá, 42 anos.

O crime foi condenado pelo Escritório do Alto Comissariado de Direitos Humanos da ONU, nesta sexta-feira.

Décio Sá trabalhava há 12 anos no jornal e mantinha um dos blogs mais lidos do estado. Ele foi morto a tiros na última segunda, 23, na capital São Luís.

Segundo o chefe de reportagem, Sá fazia denúncias sobre corrupção e tráfico de drogas, mas não é de conhecimento se ele recebia ameaças.

Em entrevista à Rádio ONU, Daniel Matos diz esperar “que o crime não caia no esquecimento.”

Segundo agências de notícias, a polícia decretou na noite de quinta-feira a prisão temporária de suspeitos.

Daniel Matos conversou com Leda Letra. Acompanhe.

Tempo: 4´19´´

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud