Suécia doa US$ 4,5 milhões para capacitar rádios africanas com tecnologias

26 março 2012

Importante parceiro da Unesco, país escandinavo contribui para acesso a informação plural e de interesse público a cidadãos de sete nações africanas; rádios locais vão poder aprender e acompanhar os meios de transmissão modernos.

Susete Sampaio, da Rádio ONU em Lyon.

Nesta segunda-feira, a Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco tornou público um donativo de US$ 4,5 milhões da Agência sueca de Cooperação para o Desenvolvimento Internacional, Sida.

Em fevereiro, a Sida comprometeu-se a financiar atividades da agência relacionadas com os meios comunitários em África, do acordo do quadro do programa de cooperação, PCA 2010-2013.

Acessibilidade

Os países que beneficiam do projeto são África do Sul, Lesoto, Mali, Namíbia e República Democrática do Congo, Tanzânia e Zâmbia.

As atividades servem para capacidar as populações mais desfavorecidas, em particular mulheres e raparigas; ajudá-las a exercer os direitos de expressão e de opinião; e a participar no debate público.

Como objetivo pretende-se que as pessoas tenham maior acesso a informação, principalmente na área do desenvolvimento, da saúde e da agricultura, dos serviços básicos e nos assuntos sociais relevantes.

Tecnologia

O projeto vai promover o jornalismo de interesse público e pluralista nas rádios locais, ajudando-as a criar programas sobre temas prioritários e a adquirir o know-how editorial para lidar com as notícias locais.

Esta iniciativa vai também sensibilizar as rádios para a importância das tecnologias de informação e comunicação e do uso de instrumentos para transmissão mais modernos, como o FM, a telefonia móvel e a internet, assim que possível.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud