FMI termina visita técnica à Guiné-Bissau

26 janeiro 2012

Equipa do Fundo Monetário Internacional sublinhou estar satisfeita com o compromisso do governo em manter-se na senda do programa económico apoiado pelo FMI; o apoio da comunidade internacional ao Executivo guineense é um sinal de encorajamento.

Joyce de Pina, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A equipa do Fundo Monetário Internacional, que concluiu uma visita de uma semana à Guiné-Bissau, mostrou-se satisfeita com os desenvolvimentos encontrados.

Liderada por Paulo Drummond, a missão afirmou, antes de deixar o país, que está satisfeita com o compromisso renovado das autoridades nacionais em seguir o programa económico apoiado pelo FMI.

Apoio

O apoio da comunidade internacional à Guiné-Bissau, e a estabilidde económica e desenvolvimento no país, deram sinais positivos à missão do FMI.

As eleições presidenciais antecipadas e legislativas que vão realizar-se este ano na Guiné são outro sinal de garantia que o fundo recebeu. Recorde-se que as presidenciais antecipadas foram marcadas para 18 de março.

Desempenho Satisfatório

Ainda de acordo com a missão, o desempenho económico da Guiné foi satisfatório. Dados preliminares de dezembro de 2011 sugerem que o governo mantém o programa económico nos carris e as reformas continuam a avançar nas áreas da gestão financeira pública, impostos administrativos, e gestão da dívida.

A missão concluiu que vai continuar a apoiar o país e um outro grupo de peritos vai visitar Bissau na primavera.

Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News 

Baixe o aplicativo/aplicação para  iOS ou Android

Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud