Nações Unidas condenam ataques que mataram mais de 60 no Iraque

22 dezembro 2011

Governo indicou que houve 14 explosões coordenadas na capital iraquiana, Bagdade; é a primeira série de ataques desde a retirada das tropas americanas do país.

[caption id="attachment_209235" align="alignleft" width="350" caption="Martin Kobler"]

Joyce de Pina, da Rádio ONU em Nova Iorque.

As Nações Unidas condenaram de forma enérgica a série de explosões mortíferas em Bagdade. A reação foi transmitida pelo Representante Especial do Secretário-Geral para o Iraque.

De acordo com agências de notícias, mais de 60 pessoas morreram e pelo menos 185 ficaram feridas na sequência de uma série concertada de ataques a bomba na capital iraquiana.

Ação Rápida

Martin Kobler afirmou que estes crimes “horrendos cometidos contra o povo iraquiano” têm de parar e a violência tem de acabar para o país “atingir a prosperidade e a segurança que o seu povo merece”.

Kobler acrescentou que os líderes iraquianos “têm obrigação de agir de forma rápida, responsável e em unidade” para fazer face à “responsabilidade que têm de colocar um fim à violência”.

O representante do Secretário-Geral reafirmou o compromisso das Nações Unidas em assistir na construção de um Iraque pacífico, democrático e próspero.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud