Campanha Mil Milhões de Árvores do Pnuma vai para organização alemã

8 dezembro 2011

Iniciativa ultrapassou largamente o objetivo inicial, segundo o Secretário-Geral da ONU; China lidera os países que mais plantaram desde início da campanha.

Susete Sampaio, da Rádio ONU em Lyon.

A Campanha Mil Milhões de Árvores do Programa da ONU para o Meio Ambiente, Pnuma, entra numa nova fase.

Depois de terem sido plantadas mais de 12 mil milhões de árvores em todo o mundo, sob a alçada do Pnuma, chega a vez de a iniciativa ganhar um novo gestor. Trata-se da Fundação Plant-for-the-Planet, ou Plante para o Planeta, em português, uma organização ambiental juvenil com sede na Alemanha.

Participantes

A cerimónia de transferência de controlo teve lugar durante a Conferência de Pares da ONU sobre Mudança Climática, em Durban na África do Sul e contou com a presença do príncipe Alberto do Mónaco, o padrinho da campanha internacional.

Depois do lançamento da campanha em 2006, centenas de indivíduos, escolas, Governos, empresas e organizações, um pouco por todo o mundo, plantaram árvores em prol do desenvolvimento sustentável.

O marco dos 12 mil milhões de árvores foi atingido em outubro deste ano, durante uma campanha de plantação por uma Organizacao do Quénia.

O país líder nesta campanha é a China que já plantou 2,8 mil milhões de árvores desde 2004, seguida da Índia e da Etiópia.

Sucesso

Uma iniciativa que ultrapassou de longe o objetivo inicial, segundo o Secretário-Geral da ONU durante a transferência da campanha para as mãos alemãs.

Ban Ki-moon mencionou a Conferência Rio+20 sobre Desenvolvimento Sustentável e deu o exemplo deste tipo de compromisso como o da campanha internacional que é o que pode garantir que o planeta continue a dar os benefícios necessários para reduzir a pobreza, melhorar a segurança e as oportunidades para todos.

Plantar mais árvores e investir nas florestas são algumas das estratégias que o Pnuma delineou no relatório sobre Economia Verde, um documento que descreve o caminho para a redução de dióxido de carbono e um desenvolvimento sustentável com recursos eficientes.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud