Relator apura alegações de violações dos direitos humanos pelo Irã
BR

30 novembro 2011

Ahmed Shaheed inicia, nesta quarta-feira, entrevistas com exilados iranianos na França, na Alemanha e na Bélgica.

[caption id="attachment_208165" align="alignleft" width="350" caption="Ahmed Shaheed"]

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.*

O relator especial das Nações Unidas para a Situação dos Direitos Humanos na República Islâmica do Irã, Ahmed Shaheed, inicia, nesta quarta-feira, uma missão de apuração na Europa.

Shaheed começa sua viagem pela França, onde se encontra com exilados iranianos que vivem no país. Logo depois, ele irá à Alemanha e à Bélgica para recolher informações sobre alegações de violações dos direitos humanos no Irã.

Depoimentos

O relator da ONU pediu visto de entrada no Irã, mas o país não respondeu à solicitação. Shaheed então decidiu ir à procura de cidadãos iranianos que vivem nos países europeus para colher os depoimentos.

Em comunicado, o relator afirmou que “continuará fazendo todo o possível para receber o apoio das autoridades iranianas.” Segundo ele, uma visita ao Irã permitiria mais compreensão sobre áreas de cooperação e a oportunidade de um diálogo construtivo.

As conversas com os exilados iranianos na Europa deverão servir de base para um relatório, que será apresentado ao Conselho de Direitos Humanos no próximo ano.

A visita oficial do relator da ONU à Europa termina neste 8 de dezembro.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud