Rio quer debate amplo entre governos e sociedade civil na Rio + 20
BR

30 setembro 2011

Declaração foi dada pelo assessor do prefeito Eduardo Paes para o evento, Rodrigo Rosa, durante entrevista à Rádio ONU.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

A cidade do Rio de Janeiro quer que a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, que ocorrerá em junho de 2012, seja uma oportunidade de reunir sociedade civil e delegações internacionais no debate sobre o tema.

A afirmação foi feita numa entrevista à Rádio ONU pelo assessor do prefeito Eduardo Paes para o tema da sustentabilidade, Rodrigo Rosa.

Segurança e Tranquilidade

Segundo ele, o Rio de Janeiro quer repetir o sucesso da Eco 92, organizada na cidade há quase 20 anos. Rodrigo Rosa comentou os preparativos para a nova conferência da ONU.

“O Rio está se preparando e está tomando as medidas necessárias para garantir segurança e tranquilidade para as delegações. Para que os negociadores tenham todas as condições para fazer o seu trabalho. E também para receber todas as delegações do mundo que vão discutir o tema do desenvolvimento sustentável. Eu acho que esta é a força da Rio + 20: o engajamento de toda a sociedade. Não somente dos negociadores, mas também de toda a sociedade civil,” afirmou.

De acordo com a Prefeitura do Rio, dezenas de milhares de pessoas estão sendo aguardadas para a Rio + 20, que terá como sede o Riocentro. Para facilitar o acesso ao local, a prefeitura deve estabelecer faixas exclusivas e oferecer ônibus para transportar o maior número de participantes.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud