Em Nova Iorque, líderes saúdam autoridades de transição da Líbia

20 setembro 2011

Em reunião de alto nível sobre o país, Ban Ki-moon cumprimenta presidente e primeiro-ministro do Conselho Nacional de Transição e fala de apoios às acções de um novo governo.

[caption id="attachment_205012" align="alignleft" width="350" caption="Mustafa Mohammed Abdul Jalil e Ban Ki-moon"]

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral da ONU disse estar confiante de que os novos líderes da Líbia promovam um futuro de tolerância e de reconciliação no país do Norte e África.

Numa reunião de alto nível sobre o país, realizada à margem dos debates da Assembleia Geral, Ban Ki-moon saudou o presidente e primeiro-ministro do Conselho Nacional de Transição.

Direitos e Liberdades

Discursando no acto, Ban disse apoiar a luta do povo líbio pelos seus direitos e liberdades. O Secretário-Geral também reiterou o apoio da Organização das tarefas do novo governo.

Por seu turno, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, que participou no encontro, considerou que os créditos da luta, na Líbia, eram do povo.

Comunidade Internacional

No entanto, Obama disse que as conquistas dos líbios eram um exemplo do que pode ser alcançado com a acção conjunta da comunidade internacional.

Na sexta-feira, a presença das autoridades de transição da Líbia na Assembleia Geral foi aprovada pelo órgão, por 114 votos a favor, 17 contra e 15 abstenções.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud