Plantadores de café na Colômbia ganharão selo sobre proteção florestal
BR

7 setembro 2011

Certificação será enviada a mais de 540 famílias como parte de um projeto liderado pela Organização Internacional para Migrações, OIM.

[caption id="attachment_204236" align="alignleft" width="350" caption="Famílias participantes da primeira fase do projeto venderam mais de 113 toneladas de café"]

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

A organização Rainforest Alliance informou que está certificando 543 famílias plantadoras de café na Colômbia.

A iniciativa está sendo realizada em parceria com a Organização Internacional para Migrações, OIM, e pelo setor privado colombiano.

Biodiversidade

O objetivo é apoiar pequenos agricultores vítimas da violência na região de Nariño, no sul da Colômbia.

Há mais de quatro décadas, a Colômbia vive um conflito civil entre tropas do governo, grupos paramilitares e rebeldes.

A Rainforest Alliance ajuda a promover projetos de desenvolvimento sustentável e de preservação da biodiversidade.

Todas as famílias certificadas atendem a práticas de proteção ambiental.

Receitas

Os participantes vendem o produto no chamado mercado justo com responsabilidade corporativa. Desta forma, eles conseguiram aumentar suas receitas negociando diretamente com as Empresas de Nariño.

Entre as companhias que participam da iniciativa está a Starbucks.

Entre 2009 e 2011, as 800 famílias que participaram da primeira fase do projeto venderam mais de 113 toneladas de café movimentanto o equivalente a mais de R$ 850 mil.