Ban e Bono abordam alívio da crise no Corno de África

11 agosto 2011

Secretário-Geral da ONU e vocalista do agrupamento U2 discutiram necessidade de galvanizar esforços de angariação de fundos e melhoria do acesso do pessoal humanitário às vítimas da insegurança alimentar.

[caption id="attachment_203018" align="alignleft" width="350" caption="Bono e Ban Ki-moon conversaram por telefone esta quinta-feira"]

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral da ONU discutiu, esta quinta-feira, com o cantor irlandês Bono, a situação humanitária na Somália e no Corno de África.

O vocalista do agrupamento U2 lidera a campanha multifacetada ONE, que combate a pobreza extrema e doenças preveníveis nos países mais pobres do mundo.

Sofrimento

Em conversa telefónica, Ban Ki-moon agradeceu Bono pela sua preocupação e trabalho para aliviar o sofrimento na região, aponta uma nota do porta-voz do Secretário-Geral.

Ambos abordaram a necessidade de galvanizar os esforços de angariação de fundos e melhorar o acesso do pessoal humanitário para fazer chegar auxílio às regiões gravemente assoladas pela insegurança alimentar como a Somália.

Diálogo Político

Ban e Bono concordaram na importância de apoiar o diálogo político no país do Corno de África.

Nesta quarta-feira, a Secretária-Geral adjunta para os Assuntos Humanitários e Vice-Coordenadora do Apoio de Emergência, Catherine Bragg, disse ao Conselho de Segurança que a crise ainda não tinha atingido o ponto máximo, tendo considerado provável que venha a deteriorar.

Como principais responsáveis pela situação foram identificados os altos níveis de desnutrição aguda e mortalidade infantil conjugados às previsões de aumento dos preços dos cereais e safras, abaixo da média na próxima estação chuvosa.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud