OMT define estratégias para turismo do futuro em Portugal

9 junho 2011

O encontro internacional de mais de 300 agentes ligados ao turismo no sul de Portugal definiu que o desenvolvimento do turismo passa pela inovação, boa governação e conhecimento do impacto do sector nas mudanças climáticas.

[caption id="attachment_197515" align="alignleft" width="350" caption="Algarve"]

João Rosário, da Rádio ONU em Lisboa.

O fórum da Organização Mundial de Turismo, OMT, realizado no Algarve, concluiu que o enorme potencial de promoção de desenvolvimento do turismo só é efectivado através de sistemas de governação adequados e da capacitação das pessoas e das comunidades.

Esta é uma das principais mensagens emitidas no encontro que se realizou em Vilamoura entre 1 e 3 de Junho, na principal região turística de Portugal, o Algarve.

Ferramenta

Mais de 300 académicos e representantes dos sectores privado e público participaram no fórum que tinha por objectivo definir meios para aliar as teorias e as práticas do turismo, transformando-o numa ferramenta do desenvolvimento e da boa governação.

O encontro foi a conclusão de vários meses de debates on-line e serviu para definir estratégias consensuais para o turismo na próxima década e mais além.

O secretário-geral da OMT, Taleb Rifai, disse que “os governos, os empreendedores e a sociedade civil precisam dedicar atenção à gestão do conhecimento no sector do turismo, de modo a perceberem melhor e agir sobre as forças que modelam a realidade actual, sobretudo nas áreas críticas do desenvolvimento, mudanças climáticas e da governação”.

Tecnologia de informação

No que respeita à governação, o encontro sublinhou a importância da participação e da eficácia. Todos os sectores envolvidos no turismo devem tirar partido da inovação e disponibilizar a utilização de redes e das tecnologias de informação. O fórum concluiu que a cooperação e as decisões baseadas no conhecimento são a base da boa governação.

As conclusões integram ainda a necessidade de se conhecer os efeitos do turismo no desenvolvimento e os seus impactos nas mudanças climáticas.

Na ocasião, o secretário-geral da OMT foi distinguido com o doutoramento onoris causa pela Universidade do Algarve.

Taleb Rifai disse que o doutoramento significava o reconhecimento do papel da OMT e do turismo na promoção de um mundo melhor.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud